INÁ Arquitetura | Rua Guarará, 565 - Jardim Paulista | São Paulo SP
Escolha uma Página

QUANTO CUSTA REFORMAR APARTAMENTO? FAÇA CABER NO SEU BOLSO!

Entenda quanto você deve se planejar para gastar

Entenda os custos fixos e variáveis 

Como você pode imaginar, não existe uma única reposta para quanto custa reformar apartamento. Além dos gastos fixos da obra, há os custos que variam conforme as escolhas dos clientes, do estilo adotado por ele e dos produtos eleitos para compor a decoração. Mas existem faixas de gastos.

Apresentamos, abaixo, como chegaremos ao valor final e ao que você, que deseja reformar, deve se atentar antes de começar. Vamos começar a planejar o orçamento para a reforma do seu apartamento?

 

 

Custo fixo de uma reforma de apartamento

Existem materiais e serviços que são indispensáveis em uma reforma de apartamento, são os integrantes da chamada parte Civil. Nela, está o básico de uma reforma como os procedimentos envolvendo demolição, instalações elétricas, hidráulica, iluminação, remoção de entulho, caçamba, pintura e instalação do ar condicionado.

Além dos profissionais para realizar esses serviços, são necessários os materiais, como cimento, areia, pedra, dentre outros. São, portanto, custos fixos e que precisam ser investidos. A parte Civil custa, em média, 25 a 40% do valor da reforma e é parte fundamental no cálculo de quanto custa reformar apartamento.

 

O banheiro é um dos cômodos que mais impactam uma reforma. Isso se deve a diversos profissionais e processos envolvidos, como hidráulica, iluminação, louças, revestimentos e pintura.

 

Custos variáveis de uma reforma de apê

Passados os custos fixos de uma obra, existem os variáveis, ou seja, os que dependem da escolha do morador. Por exemplo, na reforma de uma cozinha, é possível optar por um granito ou um silestone mais caro para a bancada, uma torneira gourmet com água quente ou apenas fria, uma marcenaria simples ou de uma madeira mais nobre. Ou seja, todas essas opções impactam diretamente no resultado do cálculo de quanto custa reformar apartamento.

São muitas as possibilidades e algumas costumam também somar no orçamento. Conforme as escolhas do morador (tanto relacionadas à estética quanto à praticidade), os preços podem elevar o valor da reforma. No geral, 70% do valor da obra são de custos variáveis. Se as escolhas do morador forem mais baratas, esse número pode chegar à faixa dos 50%, diminuindo o investimento total.

Um exemplo é o piso de madeira. Um piso de madeira maciça pode custar 400% do valor de um piso laminado. Por outro lado, a durabilidade dos dois não se compara, afinal, o de madeira maciça dura muito mais. Levando em conta as vantagens e desvantagens de cada item envolvido na reforma, um arquiteto pode ajudar você a escolher o ideal para o seu bolso e momento da sua vida.

 

A cozinha é outro cômodo que requer mais investimento, por também envolver muitos profissionais e materiais. Um item que encarece este ambiente é a marcenaria, que precisa ser executada por profissionais experientes e que entreguem no prazo, evitando que a obra atrase.

 

Custo de uma reforma completa

Agora que você entendeu como considerar os valores envolvidos em uma reforma. Vamos ao resultado deles: no geral, o custo de uma obra completa – incluída a troca de toda infraestrutura elétrica e hidráulica, piso e marcenaria – varia entre R$ 3.000 a R$ 5.000 por metro quadrado na reforma do apartamento. (valor atualizado janeiro/2019).

Esse é um valor médio referente ao custo de reforma de um apartamento na cidade de São Paulo, em bairros como Jardins, Pinheiros, Higienópolis, Centro e Vila Madalena. Nossa experiência tem mostrado que o valor pelo metro quadrado de uma reforma completa geralmente fica na faixa dos 30% do valor do metro quadrado do imóvel nessas regiões.

 

Como controlar os gastos de maneira inteligente e economizar

 

Invista numa planilha de gerenciamento de obra

Uma reforma envolve muitas etapas e pequenos itens que, se não forem controlados e vistos em uma perspectiva que considere o todo, podem aumentar o valor final da obra. Daí ser importante ter uma Planilha de Gerenciamento de Gastos na qual serão descritos todos os valores envolvidos e teremos uma boa noção de quanto custa reformar apartamento desde o início do processo.

Aqui no Iná Arquitetura, nós apresentamos ao cliente uma planilha em que elencamos todos os produtos que precisam ser comprados e os profissionais que terão de ser contratados. Isso faz com que, antes de investir em um produto por impulso, ele pare e avalie em perspectiva quanto aquilo irá representar no valor final da obra.

No arquivo, também apresentamos um cronograma em que descrevemos quando cada produto/profissional precisará ser contratado para que o morador já se planeje ao longo de todo o processo da reforma.

 

Planilha que temos no Iná Arquitetura para Gerenciamento do tempo e dos gastos da obra. Tal material é um diferencial na hora de ter em mente quanto custa reformar apartamento. Com ela, o cliente tem uma visão completa de onde o seu dinheiro está sendo investido (materiais e profissionais) e do valor final da reforma. Também acompanha o que está sendo feito a cada semana e o quanto precisa desembolsar em cada momento.

Ter uma planilha de custos e um cronograma de quando cada investimento deverá ser feito são processos importantes para que o custo geral planejado não seja estourado e para que o morador não se assuste. Por isso, se você for contratar um arquiteto, certifique-se de como ele faz o Gerenciamento Financeiro da obra.

 

Vale a pena contratar um arquiteto?

Para quem nunca contratou o serviço desse profissional antes pode não saber quanto custa um arquiteto para reforma. De modo geral, o valor cobrado por um arquiteto para reformar um apartamento é, em média, de 10% a 20% do valor final da obra, dependendo do escritório contratado e da negociação feita inicialmente. Embora possa parecer um gasto extra (em um momento em que outros valores altos já foram demandados), o dinheiro é um bom investimento e pode evitar que você acabe gastando mais ao longo do processo.

Primeiro, porque um profissional de arquitetura tem uma expertise para orientar você na escolha dos melhores materiais, profissionais e processos durante uma obra. Com ele, você irá evitar desperdícios, gastar com produtos ruins e profissionais mal qualificados.

Aqui no Iná, devido à experiência em reformar apartamentos que adquirimos ao longo dos anos, temos parcerias com empreiteiros e profissionais de confiança em todas as áreas envolvidas em uma obra, como iluminação, elétrica, hidráulica, entre outras. São pessoas que já trabalharam com a gente em outros projetos e entregaram resultados de qualidade e dentro do prazo. Quando executamos uma obra, levamos para a casa do cliente as melhores opções para o projeto, as que vão entregar um serviço bem feito e o lar dos sonhos.

Sem contar que existe a questão do tempo. Obra sempre dá problema e um arquiteto será o responsável por resolver esses problemas e tirar essa dor de cabeça do seu dia a dia. Se um cano estoura, por exemplo, é ele quem irá resolver essa questão, o mesmo vale para um profissional que não entregou o combinado, um produto que atrasou para chegar. Você não precisará se preocupar com os problemas para reforma apartamento.

Além disso, como já detalhamos ao longo do texto, o arquiteto é o profissional mais capacitado para ajudar você a calcular quanto custa reformar apartamento, planejando desde o início todas as etapas e, juntamente com você, tornando a obra dos seus sonhos em realidade.

Ainda em dúvida se deve contratar um profissional? Conheça 5 motivos importantes para contratar um arquiteto. E mais, confira também 7 dicas para não errar na hora da contratação.

 

 

Dica: Considere comprar um apartamento que precise de reforma

Entre comprar e reformar um imóvel usado e investir em um novo, muitos são os moradores que compram um novo porque não sabem fazer o cálculo de quanto custa reformar apartamento. Só que, às vezes, esse não é o melhor negócio. Isso porque, ao comprar um apartamento usado, você pode negociar e abaixar o preço do imóvel, fazendo com que, mesmo tendo que investir em uma reforma, o preço final desembolsado seja inferior ao de comprar um novo.

E a vantagem é que, enquanto comprando um novo você receberá uma decoração padrão, comprar e reformar um apartamento antigo resultará em um lar que tem a sua personalidade e onde você sempre sonhou morar. Conheça mais do assunto em nosso artigo sobre as vantagens de comprar um apartamento antigo e reformar.

LEIA MAIS:

Casa localizada no Jardins resgata arquitetura dos anos 1930

Casa localizada no Jardins resgata arquitetura dos anos 1930

O que passa pela sua cabeça ao imaginar a cidade de São Paulo? São as pessoas apressadas que correm pela Avenida Paulista? São as linhas de metrô que conectam as pontas da cidade? Tudo isso (e muito mais) está certo, mas quem está de fora relaciona a cidade com os...

ler mais
O que são imobiliárias boutiques?

O que são imobiliárias boutiques?

Buscar um apartamento que tenha a sua cara logo no primeiro encontro é uma tarefa difícil. Essa, aliás, foi uma das dicas que demos em nosso mais recente eBook sobre como encontrar apartamento, que você pode baixar clicando aqui. Afinal, muitos imóveis já vêm...

ler mais
Conheça mais sobre ladrilhos hidráulicos sem sair de casa

Conheça mais sobre ladrilhos hidráulicos sem sair de casa

Duráveis, charmosos e versáteis. Os ladrilhos hidráulicos estão com tudo! Seja para revestir o chão ou as paredes, essas peças chamam atenção e tornam destaque qualquer cômodo em que estejam presentes. Mesmo de ares vintage que remetem à estética dos anos 1920,...

ler mais