INÁ Arquitetura | Rua Guarará, 565 - Jardim Paulista | São Paulo SP
Escolha uma Página

APARTAMENTO DO MIURA

Graças a assessoria de uma arquiteta competentíssima. Agradeço a todos da INÁ Arquitetura pelo profissionalismo com que a obra foi conduzida. Sem vocês o sonho da minha vida não teria sido realizado. Paulo Miura

A difícil arte de encontrar um apartamento perfeito

Há quem tenha dificuldade de encontrar um apartamento e há quem demore para achar o arquiteto que mais combina com seu estilo. No caso de Paulo Miura, um vendedor de seguros de saúde que mora em São Paulo, a tarefa de achar um apê foi árdua. Ao INÁ Arquitetura, ele chegou após ler uma reportagem no jornal O Estado de S. Paulo, sobre a reforma de um apartamento na Praça Roosevelt, pertencente ao seu xará Paulo. De cara, se encantou com nosso estilo, com as cores de nosso projeto e com o jeito que trabalhamos e combinamos os diversos materiais em uma obra.

Mas só depois de um ano de encontrar quem ele gostaria de contratar para executar a reforma, ele achou o lar dos sonhos. Buscando um apartamento antigo na região da Saúde, bairro de São Paulo onde ele mora, por inúmeras vezes viu-se frustrado. A situação mudou quando ele encontrou um Apê de Reserva, um daqueles apartamentos guardados pela construtora e vendidos por preços mais atraentes apenas quando o prédio está pronto para entregar. A localização, somada ao valor e à uma vista deslumbrante do Parque da Aclimação, fizeram com que ele logo fechasse o negócio.

De posse da chave, Paulo veio ao INÁ Arquitetura. Como havia se identificado muito com nossa estética, decidiu não visitar outros escritórios. Com a agenda cheia e com funcionários prestes a entrar de férias, explicamos que, naquele momento, seria inviável aceitarmos o projeto e o incentivamos a visitar outros profissionais de arquitetura. Não muito contente, ele saiu de nosso escritório, seguiu nosso conselho e começou a buscar outros profissionais. Não deu certo. Semanas depois, Paulo novamente nos procurava para conversar sobre seu apê dos sonhos. Começava uma parceria exitosa e que resultou em um apartamento delicioso de se viver.

Vista do Apartamento com Protagonismo

A reforma do apartamento do Paulo foi guiada pela confiança do morador. Ele nos entregou a chave e deu liberdade total para executarmos nosso trabalho. Com carta branca, analisamos o perfil do morador e começamos a casar a estética INÁ aos gostos de quem havia nos contratado. E tomamos uma decisão importante, a de dar protagonismo a um dos pontos centrais do apê: a vista.

Integramos a cozinha à sala e quebramos as paredes que separavam esse espaço da varanda, tornando uma área social única de onde é possível admirar o Parque da Aclimação, que se tornou uma grande estrela que ilumina o imóvel. A amplitude e a forma como a vista foi valorizada, através da arquitetura, trouxeram para dentro do apartamento a natureza e a cidade exterior, fazendo com que os limites entre dentro e fora fossem eliminados e aproximando ainda mais os interiores do mundo que os cerca.

Para valorizar a vista privilegiada, não apostamos apenas na integração. Optamos também por um projeto luminotécnico limpo e sem elementos que pudessem poluir e visão dos moradores. Exemplo disso é que não há lustres e pendentes na sala, os quais poderiam atrapalhar a vista do parque. Investimos em uma iluminação indireta, composta por balizadores, réguas e estruturas de LEDs escondidas no mobiliário. Isso fez com que, de onde você olhe, não tenha o campo de visão cortado por um elemento de iluminação.

Por se tratar de um senhor que desejava curtir a casa e ter ambientes onde pudesse relaxar após dias intensos de trabalho, investimos em uma paleta em tons mais neutros e sem excessos. Exemplo disso é que as cores mais marcantes do projeto são o preto, o azul escuro e os tons amadeirados.

Décor entre o Japão e o Brasil

De ascendência japonesa e criado em território brasileiro, Paulo trazia referências orientais somadas a um desejo de também valorizar o Brasil. O resultado é que no projeto de interiores, também assinado pelo INÁ Arquitetura, convivem elementos dos dois países.

Do Japão, há obras de arte, livros e certo minimalismo, refletido nas poucas cores, elementos e formas retas. Do Brasil, boa parte do mobiliário, o qual foi escolhido a dedo pelo morador, que recusou uma série de móveis internacionais para prestigiar as criações de marcas nacionais, como as da Carbono e da ,ovo, e de profissionais como Sérgio Rodrigues, que assina a cadeira Oscar, que já compunha o acervo de Paulo. Mas o Brasil não está apenas nos móveis. Na cozinha, há também uma composição de ladrilhos que remetem às criações bem características de Brasília.

Após quatro meses de reforma, Paulo, finalmente, pegou as chaves e adentrou no apê. Ficou impressionado com o resultado e grato por termos transformado uma série de seus sonhos em detalhes de seu novo lar.