INÁ Arquitetura | Rua Guarará, 565 - Jardim Paulista | São Paulo SP
Escolha uma Página

APARTAMENTO DA BEATRIZ

AGRADEÇO POR TODO O CARINHO E POR TRANSFORMAR MEUS MAIORES SONHOS NAQUILO QUE CHAMAREI DE LAR.

Beatriz

Apartamento da Beatriz

Quando Beatriz, decidiu reformar seu apartamento em Pinheiros em São Paulo, começou a procurar pela Internet por escritórios de arquitetura. Como muitos internautas, chegou até nós, do INÁ Arquitetura, via Google e se identificou com nosso estilo. Então, ela nos escreveu para entender como funciona nosso trabalho e agendar uma conversa. Era o início de uma história que começou com um e-mail e terminaria com a entrega de um apartamento dos sonhos.

Desde o primeiro contato, construímos uma relação honesta e de confiança com a Beatriz, como fazemos com todos os moradores que nos escrevem. Explicamos o nosso processo de trabalho, apresentamos o nosso portfólio e como trabalhamos cada entrega. Após algumas conversas, fechamos um contrato para reformar o apartamento de 90m². Tudo deveria ser feito em três meses. Para respeitar o tempo que nos foi dado, elaboramos e seguimos à risca um cronograma de trabalho aprovado pela moradora. Durante a reforma, assumimos toda a responsabilidade da obra para que a Bia não tivesse dor de cabeça com nada. Orientamos a escolha dos novos móveis que iriam compor a decoração, aproveitamos as peças que ela já tinha, trocamos muitas ideias e apresentamos os melhores produtos e fornecedores do mercado para executar a obra. O resultado foi uma entrega no prazo, dentro do orçamento previsto e que superou as expectativas da cliente. Abaixo, você confere os detalhes.

 

Reforma integrou ambientes

O apartamento antigo da Beatriz era formado por vários pequenos cômodos: dois quartos, sala, cozinha pequena no estilo corredor e banheiro. No entanto, seu desejo era por ambientes maiores onde pudesse receber e curtir melhor a casa. Como não tem filhos, Beatriz concluiu que não precisava de um segundo quarto e que, se esse ambiente fosse integrado a outro, o espaço seria melhor aproveitado. Num primeiro momento, decidimos integrar o segundo quarto à sala, criando uma sala ampla. Por conta de um pilar existente entre o quarto e a sala, não pudemos realizar essa integração. Em conjunto, decidimos integrar os dois quartos pequenos, criando um quarto enorme. A sala, por sua vez, seria integrada à cozinha.

 

Cozinha com Piso Geométrico em Estilo Modernista

Além de ser integrada à sala, a nova cozinha ficou ainda maior porque aumentamos a área de ladrilho hidráulico no chão. Com cômodos espaçosos, foi possível investir em móveis maiores, como uma mesa de centro de 2,2 metros e uma bancada de concreto de 3,80 metros.

Aliás, os ladrilhos hidráulicos são um dos elementos que mais se destacam em todo o projeto. Investimos no icônico Modelo Estrela Paulo Mendes da Rocha, alterando o trio de cores branco-preto-cinza por branco-cinza-azul, paleta preferida pela moradora. Os pisos criaram um efeito geométrico no projeto, remetendo a construções modernistas e, ao mesmo tempo, imprimindo um ar contemporâneo. Para dialogar com a paleta de cores do chão, as cadeiras Nômades de Fernando Jaeger, comercializadas na cor preta, foram pintadas de branco pela empresa. O projeto de marcenaria foi assinado por nós do INÁ Arquitetura, que também orientamos a moradora a investir em eletrodomésticos embutidos na parede, que deixaram o cômodo ainda mais bonito e limpo visualmente. Para concluir o projeto de décor, apostamos em vigas aparentes, que foram raspadas e lixadas com uma lixa especial para concreto. Essa combinação, ao mesmo tempo em que tornou o ambiente mais aconchegante, imprimiu jovialidade à decoração.

 

Uma Sala para Celebrar os Bons Momentos

A sala possui uma paleta de cores que dialoga com a da cozinha, na qual o azul é valorizado e está presente, por exemplo, nos estofados e objetos pontuais. Muitos móveis já eram da moradora e casaram bem com a decoração, como a poltrona retrô e o rack da Oppa. Outros são novos, como o Sofá principal, desenho de Marcos Ferreira para a Carbono, e as mesinhas de centro de Fernando Jaeger. Nas paredes, utilizamos de pinturas e gravuras antigos da moradora, garimpados em feiras de arte e viagens, para criar uma composição que imprimiu estilo ao espaço.

Um dos detalhes que tornaram o cômodo ainda mais belo são as cores do chão. A beleza foi fruto de um antigo sonho de Beatriz, que sempre quis morar em um lar com os famosos tacos de 7 por 21centímetros que, além de criarem uma atmosfera das casas mais antigas, tornam o espaço ainda mais aconchegante. Ouvindo o desejo da moradora, adquirimos três lotes de tacos no Mercado Livre, cada um em um tom amadeirado. E fomos além. Para que os diferentes tons não criassem três grandes faixas coloridas no chão, compusemos, juntamente com o profissional responsável pela aplicação, uma mistura das diferentes tonalidades, criando um efeito degradê surpreende. O resultado foi uma trama personalizada, que encantou a moradora, realizou seu sonho e faz com que quem a visite se sinta mais acolhido pelo aconchego do espaço.

 

Quarto Amplo e Multiuso

A amplitude do quarto foi ao acaso: como não foi possível integrar um dos quartos à sala devido a um pilar, decidimos juntar os dois quartos e formar um grande, semelhante a um quarto de hotel. O resultado é um ambiente espaçoso, aconchegante e onde a Beatriz não apenas dorme, mas pode realizar outras tarefas.

Prova disso é que ele comporta um uma bancada lateral para quando a moradora fizer home office, o móvel é uma continuação do armário principal e, em seguida, se transforma em nichos onde são guardados livros. Aliás, a ousada marcenaria, que foge de desenhos convencionais, pela distribuição de suas gavetas, puxadores e linhas incomuns, é um desenho do INÁ Arquitetura.

Um último detalhe é que, se as paletas de cores da cozinha e da sala são marcadas por tons de azul, no quarto o protagonista é o alaranjado, presente no móvel lateral da cama, em almofadas e até no papel de parede. Esse, por sinal, é um espetáculo à parte e formado por pequenas linhas que criam desenhos de hexágonos e triângulos que chocam criando imagens impressionantes. As cores mais quentes, somadas ao efeito proporcionado pela madeira do chão, tornaram o espaço ainda mais aconchegante e gostoso de se estar.